7 dicas sobre Planejamento Financeiro

Você sabia que o planejamento financeiro é a ferramenta que mais auxilia profissionais a alcançarem seus objetivos? Pois é.

Planejamento financeiro é a organização das finanças pessoais, e o seu principal pilar é a disciplina.

Esse processo deve ser contínuo, mas fique tranquilo, elaborar um planejamento financeiro pode ser mais simples do que você imagina.

Por isso, o Professor e Consultor Financeiro José Vieira do Nascimento Neto preparou um guia prático dividido em 7 dicas para te ajudar a iniciar o caminho de uma vida financeira saudável.

DICA 1: Traçar objetivos financeiros

Em qualquer tipo de planejamento, é necessário traçar os objetivos de curto, médio e longo prazo. Portanto, em finanças pessoais, não seria diferente.

Além de colocar essas informações no papel, acrescente as respostas para as seguintes perguntas:

  • O QUE EU QUERO?
  • COMO EU VOU REALIZAR ESSE OBJETIVO?
  • QUANTO DE DINHEIRO DEVE SER DESTINADO PARA ESSE OBJETIVO?
  • QUANDO EU VOU REALIZAR ESSE OBJETIVO?

Dica 2: Fluxo de Caixa

Este método possibilita uma visão mais real do dinheiro que você efetivamente tem. O fluxo de caixa é uma maneira mais fácil de acompanhar os seus gastos e ganhos e, para realizá-lo, você pode conciliar a utilização de uma planilha com um software de orçamento online. Esse tipo de programa pode compilar as informações de todas as suas contas em um único lugar e automaticamente organizar suas despesas em categorias.

Dica 3: Cuidados com o patrimônio

A construção de um patrimônio pessoal e familiar é um desafio que muitas vezes leva décadas. Por isso, é importante pensar na proteção de cada uma de nossas conquistas. Por exemplo, uma forma de proteger o patrimônio “carro” é a realização de um seguro. É um tipo de cuidado que é preciso tomar para não comprometer as vitórias por causa de alguma eventualidade.

Dica 4: Fuja dos juros

O Brasil é conhecido com um país que possui elevadas taxas de juros. Isso impacta diretamente em duas coisas que usamos bastante: Cartão de Crédito e Cheque Especial. Quem tem dívidas desse tipo pode encontrar opções bem mais camaradas para o bolso com o empréstimo pessoal, por exemplo.

Dica 5: Acúmulo de curto prazo

O acúmulo de curto prazo também é conhecido como reserva de emergência. Todos nós estamos sujeitos a imprevistos, seja um problema de saúde, um dano material ou uma troca de emprego. Para não ficar dependendo de empréstimos bancários (lembre-se: fuja dos juros!) e de familiares e nem passar por apertos e transtornos emocionais, o ideal é que você monte uma reserva de emergência.

O ideal é acumular de 3 a 6 vezes sua despesa mensal.

Dica 6: Acúmulo de médio prazo

Quando você conseguir acumular uma reserva de emergência, será a hora de montar uma reserva de médio prazo.

Essa reserva é para a realização dos seus sonhos: aquisição de carros, imóveis e viagens, por exemplo.

Dica 7: Aposentadoria

Uma das certezas que nós temos é que um dia teremos que parar de trabalhar, e quanto antes começarmos a nos planejar em relação a isso, maior será a diferença no acúmulo que teremos quando esse dia chegar. Procure planos de aposentadoria que se adequem ao tempo que você pretende poupar e ao valor mensal que você pode dispor para atingir seu objetivo.

Download Nulled WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Free Download WordPress Themes
free download udemy paid course
download huawei firmware
Download Best WordPress Themes Free Download
udemy paid course free download

Publicado por em 21 de outubro de 2019 | 367

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!