Dicas de redação para o ENEM

DICA #1:

Uma das competências avaliadas pela banca Enem é se o candidato não fugiu do gênero adequado ao texto – no caso, a dissertação-argumentativa, em que é preciso debater o tema de forma objetiva, utilizando-se dos dados apresentados pelos textos de apoio, sem opiniões de cunho pessoal e com argumentos sólidos. Para este gênero textual e especificamente para o formato Enem, a redação deve ter quatro parágrafos: introdução, dois parágrafos de desenvolvimento e a conclusão, chamada de “proposta de intervenção”. 

DICA #2:

Estude e use corretamente as conjunções e expressões que conectam orações e parágrafos. “Sendo assim”,“contudo”, “ademais”, “além disso”, “bem como”, “a princípio” e outras conjunções são essenciais para deixar o texto coeso, e coesão é uma das competências avaliadas pela banca. Atenção dobrada ao parágrafo de conclusão: ele deve iniciar com um conectivo conclusivo (portanto, logo, dessa forma, conclui-se então…, etc.) e nunca com adversativas (entretanto, porém, todavia) ou aditivas (ademais, outrossim).

DICA #3

O parágrafo de conclusão é muito importante em termos de pontuação na prova e pode até decidir sua nota. Chamado de “proposta de intervenção”, nele, o candidato deve necessariamente apontar 1) o que é preciso fazer para resolver a problemática proposta no tema, 2) quem pode fazer isso, 3) de que forma será feito (por quais meios) e 4) quais serão os efeitos dessa daquilo que o candidato propôs como solução(ões). Não responsabilize apenas o governo, e atribua responsabilidades sociais também a outros agentes tais como a mídia, ONGs, parcerias público-privadas, família e escolas, por exemplo, além de propor a conscientização da população como solução para a problemática exposta.

DICA #4

A citação é um recurso usado para mostrar que o candidato tem uma boa bagagem cultural e argumentativa para debater o tema e enriquece a redação. Entretanto, ela não é obrigatória nem deve ser “forçada” a encaixar dentro do texto. Quanto à estrutura, a citação pode ser direta e literal, entre aspas (Segundo Kant, “O ser humano é aquilo que a educação faz dele”) ou indireta, como uma explicação (Para o filósofo alemão Kant, o caráter do ser humano é fruto de sua educação). Tente não encerrar a redação com uma citação, pois tal parágrafo é reservado para as propostas de intervenção.

O QUE NÃO FAZER NA REDAÇÃO ENEM

  • 01. Não escreva sua redação em primeira pessoa do singular (eu, meu, etc.). No máximo, use no plural (nós, nosso) quando se referindo a uma situação geral.
  • 02. Não fale com o leitor como se estivesse conversando com ele, não dê conselhos do tipo: “Você pode mudar o mundo. Faça a sua parte.” 
  • 03. Não use ditados populares. Ser original conta ponto. 
  • 04. Não dê exemplos que só você conheça ou que sejam regionais. Exemplos servem para ilustrar a dissertação e devem, quando possível, ser de conhecimento no mínimo nacional.
  • 05. Não faça letra muito grande com o intuito de ocupar linha. Não se esqueça de que o corretor conhece as artimanhas. 
  • 06. Não generalize: “Ninguém respeita o trânsito”, “Todos os políticos são corruptos”. Esses argumentos não têm consistência, porque há pessoas que obedecem às leis de trânsito e também há políticos honestos.
  • 07. Não use frases que remetam ao senso comum, tais como: “Deus é brasileiro” – “Na primeira vez o mundo acabou em água; na próxima, acabará em fogo” – “O amor é a solução para todos os problemas”.
  • 08. Na redação, use seu senso crítico com coerência. Não faça críticas levianas e respeite os direitos humanos.
  • 09. Não use pontos de exclamação (!). Você corre o risco de ser exagerado, e isso é desnecessário. Não abuse das exclamações! Sério! O texto fica com caráter opinativo e deixa de ser argumentativo!
Download Nulled WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Premium WordPress Themes Download
Download WordPress Themes
udemy paid course free download
download xiomi firmware
Download WordPress Themes Free
free download udemy course

Publicado por em 1 de novembro de 2019 | 761

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!