vida_academica_abnt_graduacao_pos_graduacao_mestrado_doutorado_vestibular_universidade

Projetos de Pesquisa

Nas nossas duas últimas matérias dissemos que um dos compromissos do (futuro) pós-graduando é a elaboração de um projeto, seja para participação de processo seletivo ou desenvolvimento de pesquisa.Por isso,nessa matéria vamos tentar esclarecer alguns pontos relacionados a essa questão.

O primeiro deles está relacionado ao tema a ser pesquisado: não é possível escolher qualquer tema, você terá que escolher um que faça parte do repertório da linha de pesquisa do seu possível orientador. Se possível, tente conversar com ele antes de elaborar o seu projeto.

Uma vez que o tema tenha sido delimitado, o projeto de pesquisa é o próximo passo a ser dado, ou seja, o papel do projeto é apresentar um planejamento detalhado do que se pretende realizar, tendo em vista minimizar os riscos, aumentar a probabilidade de sucesso e permitir pensar em resoluções para perguntas como: “Qual a infraestrutura necessária para realizar essa pesquisa?”, “Todos os materiais necessários já estão disponíveis?”… 

Uma vez que as pesquisas científicas podem ser desenvolvidas em diferentes áreas, não existe um roteiro para elaboração dos projetos. Mas,  sabemos que um bom planejamento contém algumas etapas a serem seguidas (VIANNA, 2001):

  • Definição do problema de pesquisa; 
  • Formulação de hipóteses; 
  • Métodos;
  • Coleta de dados;
  • Análise e interpretação dos resultados; e 
  • Rejeição ou não da hipótese.

Introdução – definição do problema de pesquisa e formulação de hipóteses:

É importante conquistar o leitor e, para isso, uma boa introdução serve como um convite atrativo pelo trabalho. Logo, é essencial apresentar os conceitos necessários e ser o mais claro e convincente possível.

Não podemos nos esquecer, também, de dois outros fatores: (a) a organização do texto deve estar alinhada com as outras partes do trabalho e (b) é nesse contexto que se define o problema de pesquisa, em que a introdução deve ser finalizada levando o leitor a saber exatamente o que se está tentando alcançar com o trabalho, ou seja, seu objetivo e as possíveis hipóteses a serem investigadas.

Dica: embora esta parte seja apresentada nas páginas iniciais do projeto, ela não precisa ser escrita primeiro. Ou seja, por dispor uma visão geral do assunto a sua escrita pode ser mais facilmente estruturada quando as outras partes do projeto já estiverem prontas (ex: objetivo delineado, hipóteses, método), ou você pode fazer um esboço inicial e revisá-lo ao terminar as outras partes do trabalho.

Além disso, é aqui que se destaca a importância da revisão bibliográfica. Esta fornece indicativos sobre os rumos da pesquisa, sobre o método e, principalmente, irá levantar informações que serão utilizadas em etapas posteriores – como na discussão dos resultados (CRESWELL, 2010). 

Métodos:

Aqui é a etapa em que se planejam os meios para responder seu objetivo e testar suas hipóteses. Deve ser bem detalhado, ao passo que se o leitor quiser replicar o seu trabalho, ele deve conseguir executá-lo da mesma forma que você (VIANNA, 2001). Essa seção também ajudará o leitor a compreender melhor os resultados futuramente encontrados.

Segundo Volpato (2014), a redação da seção Método(s) deve conter quatro etapas:

1. Descrição do sujeito ou do objeto de estudo: Estudos com seres humanos, animais ou outros organismos devem apresentar a caracterização e a origem destes, os critérios utilizados para sua inclusão/exclusão na composição da amostra, assim como a caracterização do local onde a pesquisa foi realizada.

2. Delineamento da pesquisa: Descrever o tipo de estudo realizado e seu delineamento, o tamanho da amostra e questões éticas – quando necessárias – também devem ser informadas.

3. Procedimentos específicos:Detalhar os procedimentos que serão utilizados, como será feito o controle das condições experimentais, as técnicas para coleta de dados e as variáveis a serem analisadas.

4. Análise dos dados: Relacionar os testes estatísticos que serão utilizados para análise dos dados (ex: testes de normalidade, comparação de médias, etc), indicando sempre os valores de referência.

CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO

O planejamento das suas atividades e realização dos procedimentos descritos na seção “Métodos” deve ser apresentado em um Cronograma de Execução, que é geralmente apresentado em tabela onde as atividades são dispostas em linhas e os meses/semestre em colunas.

Modelo de cronograma. Fonte: elaboração da autora.

Referências

Nesse item você deve apresentar todos os autores que você utilizou como base para elaborar sua introdução e método(s). Atente-se para as normas exigidas para elaboração do projeto (ex: ABNT, APA). Dica: a norma ABNT foi revisada recentemente e a nova edição – ABNT NBR 6023.

Basicamente, quando se propõe um projeto esses são os itens a ser contemplados: delimitação do tema, introdução com objetivo e suas hipóteses, método(s), cronograma de execução e referências. As outras etapas propostas por Vianna (2001; ex: coleta de dados; análise e interpretação dos resultados; e discussão/conclusão – rejeição ou não da hipótese), enquadram-se na apresentação do material resultante do projeto proposto.

Esperamos que essa matéria tenha esclarecido algumas de suas dúvidas. Na próxima vamos falar um pouco mais sobre o passo a passo para fazer um levantamento bibliográfico.

Quer conhecer as outras matérias da Série Vida Acadêmica? Clique aqui.

Mapa criado pela autora.

Referências 

CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa métodos qualitativo, quantitativo e misto. Tradução Luciana de Oliveira da Rocha. Porto Alegre: Artmed, 2010.

PÓS-GRADUANDO. Como elaborar um projeto de pesquisa. Disponível em: https://posgraduando.com/como-elaborar-um-projeto-de-pesquisa/. Acesso em: 10 jun. 2019.

VIANNA, I. O. A. Metodologia do trabalho científico:um enfoque didático da produção científica. São Paulo: EPU, 2001.

VOLPATO, G. L. Como escrever um artigo científico. Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica, v. 4, p. 97-115, 2014.

Autora: Tâmara Lindau: Fonoaudióloga e Mestra em Fonoaudiologia – UNESP/Marília; Doutora em Psicologia – UFSCar/São Carlos; Graduanda em Psicologia – UNIMAR/Marília

Download Nulled WordPress Themes
Download WordPress Themes Free
Download Premium WordPress Themes Free
Free Download WordPress Themes
ZG93bmxvYWQgbHluZGEgY291cnNlIGZyZWU=
download lava firmware
Premium WordPress Themes Download
free download udemy course

Publicado por em 1 de novembro de 2019 | 953

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!