Dicas sobre aposentadoria

Olá! Estamos de volta com mais uma dica sobre planejamento financeiro pessoal, e hoje vamos conversar sobre aposentadoria, um assunto muito discutido no Brasil e no mundo atualmente por uma série de fatores.

Primeiramente, é fato que todos nós um dia teremos que diminuir o ritmo de trabalho, e, para não perder em qualidade de vida, precisamos nos planejar.

Nosso Consultor Financeiro, José Vieira do Nascimento Neto, aborda neste vídeo o conceito de aposentadoria e o benefício do planejamento. Um plano de aposentadoria bem feito e quanto antes pensado trará maiores benefícios, como maior acúmulo e segurança.

O Brasil está em plena reforma da previdência, e ao depender totalmente do INSS, estamos deixando uma parte importante do nosso futuro em mãos, digamos, incertas.  Nos dias de hoje contar com a Previdência Social para se sustentar na aposentadoria é uma estratégia arriscada.

A reforma altera principalmente a idade mínima de aposentadoria e aumenta o tempo de contribuições. Isso está acontecendo porque, na Previdência Social, os trabalhadores da ativa é que pagam a aposentadoria dos inativos. 

Se considerarmos o aumento da expectativa de vida do brasileiro, o cenário fica mais preocupante, pois teremos um maior número de idosos no futuro e isso gera a incerteza sobre nossa Previdência estar ou não preparada para funcionar nesse cenário.

Por todos esses motivos, planejar a aposentadoria é algo cada vez mais importante e, ao contrário do que a maioria das pessoas imagina, não precisa ser uma tarefa complicada.

Sabemos que é importante se programar mensalmente para acumular um capital. Mas por onde começar?

Comece definindo o seu objetivo, (lembra do nosso último artigo?), depois determine quando você pretende se aposentar e quanto pretende juntar.

A boa notícia é que quanto mais cedo uma pessoa começa a planejar e investir para a aposentadoria, menos ela precisa guardar por mês para ter um futuro confortável.

Por outro lado, aqueles que começam a se organizar para a aposentadoria muito tarde precisam fazer um esforço maior. Quem deixa para depois acaba tendo que compensar não só o dinheiro que poderia ter guardado antes, mas também os juros que deixaram de ser acumulados.

Para os que desejam começar uma previdência privada, José Neto deixa uma dica importante: Procurar seguradoras pode ser um caminho mais interessante do que contratar um banco, já que eles fornecem esse serviço intermediando o que originalmente é fornecido por elas.

E, se restou alguma dúvida, não hesite em deixar sua pergunta nos comentários.

Nosso próximo vídeo será justamente sobre isso: perguntas e respostas!

Até a próxima!


Publicado por em 18 de novembro de 2019 | 287

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!