Clínica de Psicologia

Unimar inaugura nova Clínica de Psicologia com vagas para acompanhamento psicopedagógico e orientação profissional

A Clínica de Psicologia da Universidade de Marília (Unimar) foi completamente reformada para proporcionar um ambiente mais moderno e aconchegante aos acadêmicos e à comunidade. O ambiente é voltado para as diversas vivências práticas que acontecem desde o início da graduação e para o estágio curricular dos alunos do quinto ano. No campo clínico, os estagiários realizam os atendimentos à população, sob a supervisão dos docentes. No primeiro semestre, as vagas estão abertas para as orientações profissionais de jovens e adultos e para o acompanhamento psicopedagógico de crianças, com idade a partir de seis anos. 

Segundo a coordenadora da Clínica de Psicologia da Unimar, Fabiola Colombani, o ambiente foi reformado e atualizado segundo as normas do Conselho Regional de Psicologia e da Vigilância Sanitária, com o intuito de melhor acolher a comunidade e os acadêmicos. “A reforma da Clínica de Psicologia vem para coroar todo o sucesso do curso. Desde o início da graduação eles se envolvem com atividades no ambiente clínico e no quinto ano, eles imergem na Clínica para, justamente, alinharem teoria e prática, o que é fundamental para atender as exigências do mercado de trabalho e se prepararem para as futuras experiências profissionais. Para nós, é uma honra estar com os alunos, integrando a equipe e podendo assessorá-los na construção de suas carreiras”, destaca.

De acordo com a coordenadora do curso de Psicologia da Unimar, Ana Lúcia Lopes dos Santos, a modernização do ambiente leva ainda mais conforto e aprendizado, porque a Clínica é um campo de estágio fundamental no processo de construção da carreira. “O quinto ano é o momento em que os acadêmicos têm a oportunidade de desenvolver na prática tudo aquilo que aprenderam, porque, de uma maneira geral, são eles os responsáveis pelos atendimentos SUS de Marília e região, uma vez que a Universidade de Marília é a única que presta este serviço por meio de convênio, além dos atendimentos particulares, proporcionando uma experiência diferenciada”, conta.

Os atendimentos psicológicos tornaram-se, em época de pandemia, ainda mais importantes para a população e, principalmente, para os acadêmicos. “Em 2020, ficamos sem realizar atendimento apenas por duas semanas, para adaptação do espaço, e de lá pra cá não paramos por dois motivos fundamentais: Primeiro, nós somos da área da saúde, estamos na linha de frente e precisamos atender as pessoas que estão sofrendo muito com este momento. Segundo, porque é uma oportunidade única para os acadêmicos vivenciarem este momento, já que enfrentando este desafio tornam-se aptos para atender em qualquer momento crítico e diferente como este. Nós pudemos proporcionar um aprendizado a mais para os nossos alunos do curso de Psicologia”, explica a Coordenadora da Psicologia.

A acadêmica do quinto ano de psicologia, Andréia Bonati, conta como está sendo enriquecedor fazer os atendimentos em meio a pandemia. “Está sendo maravilhoso participar das ações na Clínica porque estou colocando em prática o que aprendi na teoria, nos últimos quatro anos de graduação. É muito bom e gratificante prestar atendimento à população porque nós, da psicologia, vamos nos preparando para a prática profissional e com a pandemia, estamos aprendendo a redobrar o olhar para o outro, já que o momento nos trouxe mais empatia”, destaca.

Vagas abertas para acompanhamento psicopedagógico e orientação profissional

A Clínica de Psicologia da Universidade de Marília está com vagas abertas para atendimento psicopedagógico a crianças, com idade a partir dos 6 anos, e grupo de orientação profissional de jovens, a partir de 14 anos, e adultos, sem limites de idade. Os atendimentos são realizados pelos acadêmicos do quinto ano de graduação, com a supervisão das docentes Elaine Cristina de Souza Cordeiro e Gelci Saffiotte Zafani respectivamente.

Os atendimentos Psicopedagógicos têm como objetivo identificar os pontos que possam, de alguma forma, dificultar a aprendizagem destes alunos. Com isso, são criadas estratégias e ferramentas que vão ajudar a facilitar esse processo.

De acordo com a responsável pela supervisão dos atendimentos psicopedagógicos, a docente Gelci, o acompanhamento busca o enfrentamento das dificuldades. “Com o acompanhamento psicopedagógico, os alunos passam a compreender o processo de ensino e aprendizagem e se está acontecendo algum bloqueio que o leva a esta dificuldade.  Nossos estagiários desenvolvem metodologias que ajudam crianças e jovens a entenderem este processo, integrando com a escola e procurando a melhor modalidade de aprendizagem”, explica.

Ainda segundo a docente, este trabalho também auxilia pessoas portadoras de deficiência intelectual. “Nós desenvolvemos, também, um trabalho com os alunos que possuem deficiência intelectual, com o objetivo de prepará-los para o mercado de trabalho e rotina do dia a dia”, ressalta.  

A Clínica de Psicologia também oferece vagas de atendimento em orientação profissional para jovens e adultos que encontram dificuldade para definir a carreira. Segundo a Coordenadora da Clínica, Fabiola Colombani, o objetivo é trabalhar os anseios profissionais como, também, colaborar para que identifiquem a área de estudo ou trabalho de maior compatibilidade. “Na orientação profissional, os estagiários desenvolvem um trabalho que tem como objetivo, ressaltar as potencialidades e habilidades dos orientandos para que haja a compreensão das próprias afinidades. Desta forma, realiza-se de 8 a10 encontros, que possibilitam o processo”, conclui.

A Clínica de Psicologia está localizada no bloco 5 da Universidade de Marília, na Avenida Higyno Muzzi Filho, 1001. Mais informações ou agendamento pelo número (14) 2105-4041.  

Fique por dentro!

Fique por dentro do Universo Unimar! Nos acompanhe em nossas redes sociais, no site e aqui no blog.


Publicado por em 14 de abril de 2021 | 2.045

Deixe um comentário

2 comentários.

  1. Patrícia Helena Prieto disse:

    Gostaria de inscrever meu filho Com SD para atendimento psicopedagogico

  2. leandra disse:

    gostaria de ajuda para um amigo poderiam ajudar ele urgente?