Unimar inaugura Laboratório de Medicina Regenerativa em homenagem ao Prof. Dr. Carlos Augusto de Camargo Souza Baptista

A Universidade de Marília (Unimar) celebrou um marco significativo nas áreas da medicina humana e animal, com a inauguração do Laboratório de Medicina Regenerativa Prof. Dr. Carlos Augusto de Camargo Souza Baptista.

Este laboratório representa um avanço na pesquisa e práticas médicas, utilizando técnicas avançadas de engenharia de tecidos para reconstruir órgãos e tecidos facilitando transplantes. 

A cerimônia de inauguração contou com a presença da Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação e Ação Comunitária da Universidade de Marília, Profa. Dra. Fernanda Mesquita Serva, a Vice-Reitora Profa. Regina Lúcia Ottaiano Losasso Serva, Prof. Dr. Carlos Augusto de Camargo Souza Baptista e a Profa. Dra. Maria Angélica Miglino, responsável pelo projeto, que compartilhou sua visão e entusiasmo em relação aos avanços alcançados. 

“Como sabemos, o Brasil enfrenta desafios significativos no que diz respeito à disponibilidade de órgãos para transplante, com longas filas de espera e problemas de compatibilidade entre doadores e receptores. Essa realidade também se estende à medicina veterinária, tornando o trabalho realizado neste laboratório ainda mais relevante e impactante”, comemora.

Além disso, a Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação e Ação Comunitária da Universidade de Marília, Prof. Dra. Fernanda Mesquita Serva, expressou sua gratidão pela colaboração e dedicação de todos os envolvidos no projeto. 

“A Unimar tem em seu DNA o compromisso em continuar investindo em pesquisa e inovação para beneficiar não apenas a comunidade acadêmica, mas também a sociedade como um todo”, esclarece.

Este espaço inovador, leva o nome do Prof. Dr. Carlos Augusto de Camargo Souza Baptista, professor emérito do Department of Medical Education College of Medicine e Life Sciences University of Toledo, Ohio, EUA, renomado por sua vasta experiência e pesquisa na área.

Durante sua visita, o Prof. Dr. Baptista ministrou uma palestra aos docentes da Unimar sobre Plastinação, compartilhando conhecimentos essenciais sobre a preparação de cadáveres, abrangendo técnicas de limpeza, desinfecção e preservação.

Uma das técnicas inovadoras desenvolvidas neste laboratório é a descelularização de tecidos, que permite o uso de órgãos de doadores falecidos para transplantes, resolvendo questões éticas e aumentando a disponibilidade de órgãos.

Sendo que recentemente, houve o primeiro transplante bem-sucedido de rim de porco para humano, demonstrando o potencial revolucionário dessas abordagens.

O evento também contou com a presença do coordenador do Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal, Produção e Ambiente – Mestrado Profissional (PPGMV), Prof. Dr. Marcilio Felix,  e o coordenador do Programa de Pós-Graduação em Interações Estruturais e Funcionais na Reabilitação – Mestrado (PPGIS), Prof. Dr. Adriano Cressoni Araujo. 

Ambos expressaram orgulho em fazer parte deste projeto inovador e o compromisso em continuar contribuindo para avanços futuros na área da medicina regenerativa, tanto humana como animal.

“É uma honra estar presente na inauguração deste importante espaço, nós do Programa de Mestrado estamos ansiosos para ver os frutos que serão colhidos aqui, tanto na pesquisa quanto na prática clínica,” afirmou o Prof. Dr. Marcilio Felix.

Já Prof. Dr. Adriano Cressoni Araujo, coordenador do PPGIS, esclarece que é um momento de grande satisfação participar da inauguração deste espaço dedicado à medicina regenerativa.

“Este laboratório representa um passo significativo para o avanço científico e tecnológico em nossa área”, comemora.

Bioimpressão 3D

O laboratório está explorando também a bioimpressão 3D de órgãos e tecidos, como a primeira traqueia impressa em 3D do mundo transplantada com sucesso na Coreia do Sul. 

Essa tecnologia promissora oferece novas possibilidades para a reconstrução de órgãos danificados ou defeituosos, oferecendo esperança a pacientes com condições intratáveis, como estenose traqueal.

A Profa. Dra. Maria Angélica Miglino explica como será a utilização deste espaço:

“Para complementar esses avanços, o laboratório está conduzindo estudos clínicos de ponta em colaboração com instituições médicas e acadêmicas de renome internacional. Esses estudos têm o potencial de transformar radicalmente a prática médica, oferecendo soluções inovadoras para doenças anteriormente consideradas intratáveis”, esclarece.

Ela também comemora a inauguração do Laboratório de Medicina Regenerativa Prof. Dr. Carlos Augusto de Camargo Souza Baptista:

“Marcamos o início de uma nova era na pesquisa e prática médica, com o potencial de salvar vidas.  Este é apenas o começo de uma jornada emocionante rumo a um futuro onde os transplantes de órgãos são mais acessíveis e eficazes do que nunca”, comemora a  Profa. Dra. Maria Angélica Miglino.

O Laboratório de Medicina Regenerativa “Prof. Dr. Carlos Augusto de Camargo Souza Baptista” estará disponível para os cursos de graduação de medicina e medicina veterinária, além dos Programas de Pós-Graduação. 

Fique por dentro!

Fique por dentro do Universo Unimar! Nos acompanhe em nossas redes sociais, no site e aqui no blog.


Publicado por em 7 de maio de 2024 | 165

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!