Crianças Salvam corações

Crianças Salvam Corações: Menina de 9 anos salva mulher que estava engasgada

Aluna da escola Maple Bear usou técnica que aprendeu por meio do projeto Crianças Salvam Corações, que é desenvolvido pela Unimar e HBU

Juliana Gonçalves de Lima, de 9 anos, já pode ser considerada uma heroína. Ela foi responsável por salvar a vida de Wania Bispo Santos, usando as técnicas que aprendeu por meio do projeto Crianças Salvam Corações, desenvolvido pela Universidade de Marília (Unimar) e pelo Hospital Beneficente Unimar (HBU).

A estudante do colégio Maple Bear aplicou os conhecimentos recebidos durante curso desenvolvido na escola, com a habilidade de um socorrista. Ela conta que estava assistindo televisão quando ouviu um barulho estranho vindo da cozinha. “Minha mãe não estava em casa e meu pai estava em outro quarto. Quando cheguei na cozinha, vi a nossa funcionária engasgada, sem conseguir respirar ”, relatou.

A pequena heroína não pensou duas vezes e já se posicionou nas costas da funcionária, para fazer a manobra de Heimlich (tração abdominal). “Eu fiz como o treinamento ensinou, coloquei o pé direito entre as pernas da funcionária e fiz a manobra, quando ela conseguiu colocar para fora o alimento e voltou a respirar. Em seguida gritei pelo meu pai, que veio nos ajudar”, explicou.

Wania conta que a atitude de Juliana, que foi rápida e conforme as técnicas ensinadas, salvou a usa vida. “Se não fosse ela, com certeza eu não estaria aqui hoje para contar a história”, afirmou.

A mãe de Juliana, Letícia de Souza Gonçalves Lima, contou que ao chegar em casa e ficar sabendo da situação ficou muito nervosa e emocionada. “Nervosa porque sei que foi um momento tenso que a funcionária viveu e emocionada porque minha filha conseguiu salvá-la. A Juliana, uma criança de 9 anos de idade, conseguiu aplicar a técnica necessária para desengasgar a nossa funcionária”, apontou.

Segundo Letícia, o projeto Crianças Salvam Corações está jogando uma “sementinha” que vai fazer a diferença na vida das pessoas. “E muitas outras ainda vão florescer”, ressaltou.

PROJETO

O médico Uri Adrian Prync Flato, coordenador do Projeto Crianças Salvam Corações, destaca que já foram treinados mais de 290 crianças em escolas públicas e particulares de Marilia e região. A ideia, segundo ele, é fazer com que um número cada vez maior de crianças e adolescentes tenham acesso a esse conhecimento, para salvar vidas como fez a pequena Juliana.

“Nosso propósito é fazer com que se crie um círculo virtuoso, permitindo que a educação impacte a sociedade positivamente e a sociedade fortaleça ainda mais a educação. O caso da Juliana e o resultado desta nobre iniciativa, que utilizou toda técnica e conhecimento para salvar uma vida, evidenciando que estamos no caminho certo”, relatou.

O projeto vem sendo desenvolvido há cerca de sete meses. O trabalho é desenvolvido por professores da área saúde, estudantes de medicina e enfermagem alunos do ensino fundamental e membros da sociedade. As crianças e adolescentes recebem toda orientação e treinamento para fazer os primeiros atendimentos, em caso de engasgo e parada cardíaca.

“Eles são treinados e preparados para fazer o primeiro atendimento, até que o socorro médico chegue. Esse primeiro atendimento faz a diferença e como a Juliana mostrou, salva vidas”, ressaltou.

corações
Escola Estadual Antônio de Baptista recebe o projeto Crianças Salvam Corações

DEU CERTO

Fernanda Mesquita Serva, pró-reitora de ação comunitária, pesquisa e extensão, ressaltou que é emocionante saber que uma criança de 9 anos conseguiu salvar uma vida, passa a sensação de que o projeto Crianças Salvam Corações já deu certo. “Precisamos agradecer as escolas parceiras que receberam e estão recebendo o projeto, assim como fez a Maple Bear, que abriu as portas para receber a Universidade de Marília”, afirmou.

Fernanda aproveitou para fazer um convite às escolas que queiram receber o projeto, para que procurem a Unimar ou o HBU, para agendar o treinamento. “Esse projeto é liderado por estudantes de medicina, de enfermagem, de escolas públicas, e por profissionais que atuam nas instituições. E agora vamos contar com a Juliana, que vai ser uma monitora que usou os ensinamentos na prática. Ela salvou uma vida”, reforçou.

Cesar Sampaio, diretor da Maple Bear, destacou que receber o projeto foi muito importante e a prova de que a iniciativa é importante é o fato de Juliana ter salvo a vida de uma pessoa. “O sentimento é de gratidão e de orgulho ao mesmo tempo. Gratidão pela Unimar ter trazido o projeto para nossa escola e orgulho pela nossa aluna, que conseguiu colocar em prática tudo o que aprendeu, salvando uma vida, o bem maior de qualquer pessoa”.

Fique por dentro!

Fique por dentro do Universo Unimar! Nos acompanhe em nossas redes sociais, no site e aqui no blog.

Premium WordPress Themes Download
Download WordPress Themes Free
Download Nulled WordPress Themes
Download WordPress Themes Free
download udemy paid course for free
download lenevo firmware
Download Nulled WordPress Themes
udemy paid course free download

Publicado por em 17 de outubro de 2022 | 144

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!